Terça-feira, 13 de Abril de 2021
Sim e Não

Dois lideram uso do Cotão na Câmara


show_CMM-PLENARIO_ROBERVALDO-ROCHA-1300x737_B7F22241-1E9C-4053-98DF-1BA429366443.jpg
03/04/2021 às 00:59

Os vereadores Raulzinho (PSDB) e Lissandro Breval (Avante) foram os maiores “gastadores” da Cota para Exercício da Atividade Parlamentar nos dois primeiros meses deste ano. Os dois gastaram todos os R$ 36 mil a que tinham direito. Os gastos de Lissandro são exatamente iguais em janeiro e fevereiro: R$ 9 mil em combustível, R$ 3 mil em locação de veículo e R$ 6 mil em consultoria; Já Raulzinho gastou R$ 15,1 mil em janeiro e R$ 20,9 mil em fevereiro com veículos, gasolina e divulgação.

Troco  Outros três vereadores, se não chegaram a gastar tudo, deixaram só um “troco” no saldo da Cota. David Reis (Avante) tem apenas R$ 144 de saldo, contra R$ 200 de Elan Alencar (PMN). O menor saldo é de Rosivaldo Cordovil. Ele gastou, em dois meses, R$ 35.998,39. Restou de saldo, para o próximo mês R$ 1,61. 

Econômicos  Mas há vereadores que se destacam pela racionalidade nos gastos da Cota. Jander Lobato (PTB), de primeiro mandato, gastou, em dois meses, R$ 4.440,29. Professor Fransuá gastou menos ainda: R$ 3.514,88.

Não usou  Quem menos gastou, ou melhor, quem não gastou, foi o vereador Amom Mandel (Podemos), também estreante na CMM. Ele não usou  e nem pretende usar a Cota. “Não entrei na política para ganhar dinheiro e uso parte dos meus recursos para custear o mandato”, disse à coluna.

Auxílio   Está prevista para dia 10 a abertura de requerimento para o “Auxílio Empreendedor”. Criado pela Prefeitura de Manaus, o benefício será pago em parcela única de R$ 300 para trabalhadores já inscritos na Secretaria de Trabalho, Empreendedorismo e Inovação.

Saúde   A Comissão de Saúde e Previdência da Assembleia Legislativa do AM realiza Audiência Pública virtual na segunda-feira, 5, para debater medidas que devem ser adotadas caso haja terceira onda da pandemia no estado. 

Nota 10   Todos os 189 órgãos jurisdicionados ao Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) com sede em Manaus enviaram prestações de contas de 2020 no prazo. A data limite encerrou às 23h59 do dia 31. Os jurisdicionados com sede na capital são os órgãos estaduais e da Prefeitura de Manaus.

Novo prazo   A pedido da Associação Amazonense dos Municípios, o TCE prorrogou até 30 de maio o envio das prestações de contas dos gestores do interior. O motivo alegado é um “eterno” gargalo do AM: a internet (único canal disponibilizado para a entrega).

Edital  A “Jornada Amazônia 4.0”, que conta com o apoio da Suframa, vai selecionar 20 empresas de médio porte dos setores Eletroeletrônico, Metalmecânico e Termoplástico do PIM para realizar projeto-piloto da Indústria 4.0. As inscrições vão até 15 de abril.

Somos exemplo   O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, defendeu em artigo no “Estadão” que a perenidade do planeta passa pelas florestas. Segundo ele, o Brasil é exemplo mundial, com 60%  de todo o seu território coberto por vegetação nativa.

Amazônia O Senado aprovou a criação do Grupo Parlamentar da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica. A adesão dos congressistas será voluntária.  Uma das primeiras metas do Grupo é oficializar o Parlamento Amazônico, que ainda não existe formalmente.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.