Terça-feira, 13 de Abril de 2021
Sim e Não

Ministro diz que BR-319 é prioridade


download_E2C53CED-4306-467A-A27E-32CCA081EB7A.jpg
01/04/2021 às 08:02

Durante reunião do Grupo de Trabalho da BR-319, criado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea-AM), o ministro da infraestrutura Tarcísio Freitas reafirmou que a recuperação de 457 quilômetros da rodovia BR-319, que liga Manaus a Porto Velho,  é um projeto prioritário para o Governo Federal. Segundo Tarcísio, o ministério quer fazer um trabalho que seja “exemplo de sustentabilidade para o mundo inteiro”. “Este trabalho vai estar na vitrine, temos o compromisso de fazer da BR-319 uma referência”.

Novela  -  A repavimentação do trecho já havia sido anunciada pelo Governo Federal mas, mais uma vez, foi suspensa pela Justiça por falta de licença ambiental. Para o ministro, a manutenção de  uma rodovia não pavimentada, além de gerar gastos absurdos,  é mais danosa ao meio-ambiente.

Possível?  -  “Aquele serviço de revestimento primário se perde, a gente tem que expurgar o material movimentado pelo tráfego dos veículos na chuva. Depois explorar novas áreas de jazidas para fazer o revestimento primário. A pavimentação é fundamental, pois teremos um serviço mais perene, acomodando travessias de fauna, fazendo recuperação das áreas degradadas e demandando muito menos material ano após ano”, frisou Tarcísio. 

Bom... -  O curioso é que o ministro iniciou sua fala dizendo que o amazonense não é “só bom de peixe”, mas que é “bom de picanha também”.  Tarcísio lembrava dos tempos em que foi presidente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e visitava, comumente, a capital do Amazonas. Ele citou o restaurante Adolpho como uma lembrança marcante.

... de picanha  - “Era um ônibus que ficava alí na porta do estádio (antigo Vivaldo Lima), no estacionamento. Tinha uma picanha excepcional. Depois tinha outra também que ficava num lugar simples e que a comida era muito boa, foi demolido depois, perto do Parque 10. Mas tenho certeza que não falta lugar pra comer peixe e picanha em Manaus”.

Reforço  -   Os novos defensores que foram empossados no cargo na última terça-feira reforçarão o atendimento da instituição no interior e possibilitarão a implantação de mais polos, segundo o defensor público geral do Amazonas, Ricardo Paiva.

Desafios -   Na cerimônia de posse dos defensores, Paiva lembrou que o último ano foi de enormes desafios para a instituição e   ressaltou a importância da união de esforços da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam),  o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), a Justiça Federal, o Ministério Público e a própria Defensoria, além da bancada federal, o que permitiu que a população recebesse socorro nos momentos mais dramáticos da crise, como na necessidade de transferências, na busca de leitos por UTIs.

Peixes doados -   Em celebração à Semana Santa, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) está realizando a doação de peixes de várias espécies a públicos em vulnerabilidade social e Organizações da Sociedade Civil (OSCs) cadastradas pela pasta. A ação teve início na terça-feira  e segue até hoje.

Prioridade - O governador Wilson Lima e mais oito governadores pediram prioridade para policiais e professores na fila de vacinação contra a Covid-19,   em carta enviada ao novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Os políticos citam a situação grave pela qual o país ultrapassa e sugerem uma adaptação no PNI (Plano Nacional de Imunização). No Amazonas, Wilson Lima começou a vacinação de servidores das Forças de Segurança, pulando algumas etapas do plano.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.