Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Sim & Não

‘Vermelho’ vira tema de celebrações


lula_F7D59BF0-B23B-4458-BDDD-6CFCE2A89955.jpg
11/11/2019 às 07:32

A toada “Vermelho”, de Chico da Silva, se transformou em verdadeiro hino das comemorações pela soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no final de semana. Tocou em Curitiba, animou comemorações em bares próximos ao Sindicato dos Metalúrgicos na madrugada de sábado, em São Bernardo do Campo (SP), e pontuou o momento em que o ex-presidente se uniu à multidão após falar, no sábado à tarde, em frente ao sindicato.

Tema Não é novidade que “Vermelho” seja utilizada em manifestações da esquerda brasileira, mas é emblemático que tenha se transformado na música tema da libertação de Lula da prisão.

Aprova O compositor Chico da Silva diz ficar muito feliz de ter uma música sua escolhida para representar o pensamento de milhões de pessoas que seguem uma ideologia política, muito embora “Vermelho” não tenha sido composta com esse fim.

Feliz O compositor diz se sentir “honradíssimo, muito feliz e agradecido” em saber que milhões de pessoas acham que a música se encaixa dentro da bandeira política que elas defendem. “Qualquer compositor se sentiria profundamente feliz”.

Empenho Um áudio do senador Plínio Valério (PSDB) afirmando que vai se empenhar para aprovar a PEC que institui no Brasil a prisão em segunda instância circulou em grupos de aplicativo de mensagens durante o fim de semana; “É na Constituição que nós temos que colocar isso”, diz o senador.

Insegurança Plínio afirma também que o Senado é o único que pode fazer alguma coisa para colocar o Supremo Tribunal Federal (STF) no “lugar que ele deve ocupar, que é o de guardião da Constituição”. Plínio diz ainda que o STF espalhou insegurança jurídica com a decisão sobre a segunda instância.

Economia Esperando atingir 50% de economia com transporte, especialmente com manutenção, a  Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) é a primeira instituição pública do Estado a utilizar o transporte por aplicativo.

App A DPE-AM vai começar a utilizar o serviço de transporte por aplicativo a partir da segunda quinzena de novembro. O contrato com a empresa Manauara Intermediação de Serviços de Táxi Eireli foi assinado no dia 1º de novembro.

Conquista A Fundação Amazonprev acaba de obter  a recomendação para ser Certificada no Pró-Gestão, que mede a capacidade de gestão e modernização de sistemas previdenciários e estabelece, a partir de análise criteriosa, um ranking nacional.

Referência O auditor do Instituto de Certificação Qualidade Brasil, Uirã Rosas, avaliou e classificou a instituição do Amazonas como uma das mais proeminentes e de referência entre os estados da federação. "Essa vitória é de vocês, Amazonprev, que se consolida como uma referência previdenciária do País", elogiou.

Nível II Conforme os critérios de classificação para  obter  o certificado do Pró-Gestão, a Amazonprev alcançou 22, dos 24 pontos possíveis, o que permitiu ranquear a instituição com o nível II.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.