Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

Governo do AM deve pagar US$ 13 por cada dose da Sputnik

Caso feche contrato para aquisição de um milhão de dólares da vacina, Governo deve pagar R$ 76 milhões


F9DFD8D5-E1F1-4039-8F60-9794E91DBE0B_82905B0B-B90D-4AC9-82E2-A2ED09BF42A4.jpeg

As vacinas contra a Covid-19 da fabricante Sputnik que o Governo do Amazonas pretende adquirir devem custar R$ 76 milhões, nas cotações atuais.

Compradas em dólares, a dose única deve custar por volta dos US$ 13, gerando um valor aproximado de R$ 76 por dose, já que o Governo do Amazonas quer comprar um milhão de imunizantes. As vacinas seriam adquiridas em um consórcio junto aos governos do Norte somados ao Maranhão e ao Mato Grosso. Juntos, os Estados irão comprar 10 milhões de doses. 

O dinheiro utilizado para a aquisição, quando houver contrato fechado, será do Tesouro Estadual. A decisão que determinava o uso do Fundo de Desenvolvimento do Interior (FTI) foi suspensa após recurso do Governo do Estado.

O valor por dose é maior do que será pago pelo consórcio dos governos do Nordeste:  US$ 9,95. E igual ao que o Governo Federal irá pagar pelas mesmas 10 milhões de doses. As doses, quando adquiridas oficialmente, devem ser encaminhadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI).


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.