Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2022
MEDIDAS

Prefeituras de Autazes e Manicoré acolhem famílias que tiveram balsas de garimpo incendiadas

Muitas famílias ficaram apenas com a roupa do corpo após ação da Polícia Federal incendiar pelo menos 30 balsas no município de Autazes



rosarinho_5F6C8545-23DC-4200-B1B6-7FDCBAC0919B.JPG
29/11/2021 às 10:07

A prefeitura de Autazes (distante a 108Km de Manaus), por meio da Secretaria de Assistência Social , acolheu as famílias de garimpeiros que tiveram as balsas queimadas em ação da Polícia Federal nesse fim de semana.

O prefeito Andreson Cavalcante (PSC) afirmou que não deixaria nenhuma família desassistida até que consigam retornar ao município de origem, Manicoré.

“A prefeitura, através da secretaria de Assistência Social está dando todo apoio para cerca de 70 pessoas que ficaram isoladas em Autazes, após eram suas balsas queimadas. São crianças, mulheres e homens que estão sendo acolhidos e junto com a prefeitura de Manicoré já estamos viabilizando o retorno dessas pessoas”, destacou.

Andreson destacou que essas pessoas ficaram apenas com a roupa do corpo. Neste caso,  a secretaria de assistência social, agiu imediatamente para acolher essas pessoas.

“Nós montamos um abrigo na comunidade do Rosarinho e essas pessoas estão recebendo, além do local para ficar, alimentação, fraldas descartáveis para as crianças, roupas e todo atendimento necessário, até que consigam retornar para Manicoré”, disse.

Ainda na tarde desse domingo a prefeitura de Autazes em pareceria com a prefeitura de Manicoré, com o prefeito Lúcio Flávio (PSC), conseguiram organizar o retorno das famílias. Eles levaram consigo ainda cestas básicas distribuídas pela Secretaria de Assistência Social de Autazes, que acompanhou tudo até a saída da embarcação da Comunidade Rosarinho.



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.