Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
AJUDA

Mais de 800 famílias do incêndio do Educandos solicitaram aluguel social

Do total, 74 foram invalidados por “apresentarem inconsistência nas informações fornecidas”. Outros 32 ainda estão em análise



inc_ndio_3C676DFF-0666-40A3-A15C-A4815C316F18.JPG Foto: Jair Araújo
03/01/2019 às 20:43

A lista das famílias vítimas do incêndio no Educandos habilitadas a receber o aluguel social chega a 735, segundo informações da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc). Ao todo, 841 famílias se apresentaram para o cadastro com o intuito de receber o benefício, mas 74 foram invalidados por “apresentarem inconsistência nas informações fornecidas”. Outros 32 ainda estão em análise.

Com a entrega da lista, os benefícios devem ser pagos em até 15 dias.  O auxílio é R$ 300 e tem a duração de seis meses. Segundo a Semasc, mais de quatro mil nomes foram cadastrados após o incêndio que ocorreu no dia 17 de dezembro.  

Além do aluguel social pago pela Prefeitura de Manaus, a Defesa Civil do Amazonas iniciou no dia 27 de dezembro o pagamento de R$ 900 de auxílio social em cota única às famílias afetadas pelo incêndio. O órgão informou que, mesmo com a mudança de governo, a meta é efetuar o pagamento do auxílio a todas as famílias cadastradas pela Prefeitura de Manaus, ainda este mês.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, destacou nesta quinta-feira (3) a necessidade de manter a campanha de arrecadação de mantimentos e itens de higiene, porque as vítimas do incêndio continuam com muitas necessidades. “Essa é uma campanha que deve permanecer por vários meses, porque as necessidades não diminuem, elas permanecerão ainda por um bom tempo”, afirmou. As doações podem ser feitas diretamente na Casa Militar, na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, 170, Compensa, Zona Oeste.

“Nós temos aqui na Casa Militar e na Logística da Secretaria Municipal de Educação (Semed) muitos alimentos, roupas, materiais de limpeza entre outros itens que foram arrecadados e tudo isso é recebido, separado e vai direto para as famílias”, acrescentou.

Desde o início da campanha #ManausSolidária, em favor das vítimas do incêndio ocorrido no bairro de Educandos, Zona Sul, mais de 164 mil itens, entre eles 148,7 toneladas de alimentos, já foram arrecadados e estão sendo triados e distribuídos pelo Fundo Manaus Solidária.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.