Publicidade
Manaus
PRESENÇA

Candidata ao governo do Amazonas vai a protesto contra Bolsonaro em Manaus

'Penso que conseguimos valorizar o que nos une e não o que nos divide', afirmou Lúcia Antony, candidata do PC do B ao governo do Estado 29/09/2018 às 19:16
Show whatsapp image 2018 09 29 at 18.34.19 29452d15 f332 4856 bda6 31e46e5a0939
Larissa Cavalcante Manaus

Para candidata ao Governo do Amazonas pelo PC do B, Lucia Antony, o ato ‘Mulheres contra o fascismo’ representa a união e a possibilidade de derrotar o retrocesso no País. Ela marcou presença no ato, que aconteceu nesta tarde, no Largo São Sebastião, e reuniu quatro mil pessoas. 

“Penso que conseguimos valorizar o que nos une e não o que nos divide. O povo brasileiro precisa entender isso. Enquanto a burguesia está unida para tirar direitos do trabalhador e acabar com as conquistas das mulheres, nós nesse momento apreendemos depois de muita luta que é preciso estar unido”, disse a odontóloga.

Antony afirmou que a maioria dos postulantes ao governo do Estado apoiam o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). “Infelizmente, eles todos representam o projeto do Temer. Eles todos apoiaram a reforma trabalhista e representam o retrocesso que nos queremos derrotar nessa eleições”, pondera a comunista.

Lucia presidiu a União de Mulheres de Manaus, que foi a responsável pela luta para implantar creches nas empresas. “Essa luta é contra o preconceito, a discriminação, a violência e o contra o fascismo. É a luta que sempre travei. Não podemos nesse momento perder nenhum dos direitos conquistados pelas mulheres”, disse.

Publicidade
Publicidade