Publicidade
Manaus
POLÍCIA

Membros da FDN e do PCC trocam tiros durante assalto a ônibus e matam suspeito

Grupos de facções criminosas rivais anunciaram assalto em duas partes do coletivo da linha 356, após entrarem em paradas diferentes. Disparos começaram após os bandidos afirmarem que eram de organizações opostas 12/01/2019 às 10:49 - Atualizado em 12/01/2019 às 12:29
Show whatsapp image 2019 01 12 at 10.47.17 2b58a49a d78d 44a2 9734 c422fa66ec03
Foto: Reprodução/Internet
Joana Queiroz e Vitor Gavirati Manaus (AM)

Uma troca de tiros entre dois grupos de criminosos que roubaram passageiros de um ônibus da linha 356, na noite dessa sexta-feira (11), terminou com a morte de um dos suspeitos na avenida Santos Dumont, Zona Oeste de Manaus. Os dois bandos estavam em diferentes partes do coletivo, anunciaram assalto simultaneamente e efetuaram os disparos após afirmarem ser de facções criminosas rivais.

Segundo informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que investiga o caso, os criminosos entraram no ônibus em paradas do veículo no Terminal 1, no Centro da capital, e na avenida Constantino Nery, na Zona Centro-Sul.

O anúncio dos roubos provocou gritaria dentro do coletivo e, durante a confusão, os dois grupos criminosos mencionaram ser das facções Família do Norte (FDN) e Primeiro Comando da Capital (PCC). A disputa pelos bens no ônibus e a diferença de organizações criminosa teria provocado a troca de tiros, de acordo com a DEHS.

Além da renda do coletivo, joias, celulares e dinheiro dos passageiros foram levados pelos assaltantes.

Um homem que se apresentou como primo do suspeito morto o identificou como Gabriel Oliveira da Silva. No entanto, os policiais não encontraram nenhum registro com esse nome no Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP). Passageiros revelaram aos policiais que a vítima estava com uma arma caseira, que não foi encontrada pelos policiais.

A DEHS suspeita que outros assaltantes também tenham ficado feridos durante o tiroteio. Os policiais fizeram buscas por feridos com arma de fogo em unidades hospitalares da região, mas não encontraram suspeitos até 5h deste sábado (12).

Há informações de que dois dos assaltantes tenham fugido andando pela avenida Santos Dumont, em sentido à entrada do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, também na Zona Oeste.

Antigos rivais

FDN e PCC travam há alguns anos disputas por rotas e pontos de distribuição de drogas no Amazonas. Em janeiro de 2017, em uma tentativa de eliminar os rivais, integrantes da FDN promoveram a chacina no Compaj, que acabou com 56 presos mortos.

Publicidade
Publicidade