Terça-feira, 16 de Julho de 2019
JUSTIÇA

Polícia pede prisão preventiva de três envolvidos em morte de sargento da PM

A PC encaminhou o pedido de prisão para Justiça, após os três envolvidos serem soltos em Audiência de Custódia realizada nessa sexta-feira (21), em Manaus



agora_pm_dois_135B2A88-7A6D-4B7E-9151-7449F1094CF4.JPG Foto: Reprodução/Internet
22/06/2019 às 10:43

A Polícia Civil do Estado Amazonas pediu a prisão preventiva na madrugada deste sábado (22), dos três suspeitos de envolvimento no assassinato do sargento reformado da Polícia Militar, Luiz Carlos da Silva, de 56 anos, ocorrido na última quarta-feira (19), em Manaus.

 A informação foi repassada ainda na manhã deste sábado à reportagem pelo plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Guilherme Antoniazzi. "Já tem parecer favorável do Ministério Público para a decretação da prisão. Agora, está para o juiz apreciar", disse. 

Joelson Ferreira Soares, 21; Marcley Moraes de Souza, 20; e Charles Sanches Morais, 27, foram liberados após Audiência de Custódia na tarde dessa sexta-feira (21).

No local e depois da audiência, familiares do sargento tentaram agredir o trio enquanto eles saíam do Fórum Ministro Henoch Reis, na Zona Sul de Manaus. Agora, a Justiça do Estado decidirá se autoriza ou não a prisão dos envolvidos.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News karol 5249a044 89f6 4d99 98db 77f68d4ef8e4
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.