Publicidade
Carnaval
TRICAMPEÃ

Reino Unido da Liberdade leva título 2018 e se torna tricampeã do Carnaval de Manaus

A escola de samba do Morro da Liberdade desfilou no Sambódromo um enredo com homenagem aos professores. Em 2º lugar ficou a Vila da Barra 12/02/2018 às 13:27 - Atualizado em 12/02/2018 às 16:30
acritica.com Manaus (AM)

Com 178,3 pontos, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Reino Unido da Liberdade levou o título 2018 e se tornou tricampeã do Grupo Especial do Carnaval de Manaus. A agremiação do bairro Morro da Liberdade, da Zona Sul da capital amazonense, desfilou no Sambódromo o enredo “Ao Mestre com Carinho, na Escola da Vida eu Sou Professor”, com homenagem aos professores. Veja como foi o desfile da Reino Unido.

“A Reino mostrou mais uma vez ser uma escola de samba grande e luxuosa, num trabalho que começou em março do ano passado ao final do Carnaval de 2017. E aí está o resultado: somos tricampeões”, comemorou Reginey Rodrigues, presidente da agremiação do bairro do Morro.

Ao vencer o Carnaval 2018, a Reino alcançou o 12º título do Carnaval de Manaus. Ano passado, em 2017, ela ganhou com o tema “No Reino das fontes de vida, o Morro em movimento sustentável faz a diferença”, e em 2016 foi campeã junto com a G.R.E.S. Mocidade Independente de Aparecida, onde apresentou o tema “Na arte de se comunicar, vem meu Reino encantar”.


Torcedores da G.R.E.S. Reino Unido (​Foto: A Crítica)

Ranking das escolas

Em segundo lugar, surpreendendo as favoritas, ficou a Escola de Samba Vila da Barra, com 177,1 pontos. A agremiação do bairro da Compensa, Zona Oeste, defendeu o enredo “Grito”, abordando o tema nos mais diferentes momentos, desde aquele dado na Independência do Brasil por Dom Pedro I (“Independência ou Morte!”) ao pela Amazônia. Relembre como foi o desfile da Vila da Barra.

O mestre de bateria da Vila da Barra, Mestre Luciano, ressaltou o surpreendente desempenho da agremiação originária do bairro Compensa. “Esse vice-campeonato representa muito para nós. Não somos peru para morrer de véspera. Algumas pessoas estavam falando que a Vila da Barra iria cair, que já caiu. Graças a Deus fomos lá, trabalhamos direitinho e conseguimos essa importante colocação com apenas dois anos de Grupo Especial”, disse.

O terceiro lugar ficou com Unidos do Alvorada, que alcançou 176,5 pontos. Depois vem a Vitória Régia (175,9 pontos), A Grande Família (175,6 pontos), a Aparecida (174,9 pontos), Andanças de Cigano (174,7 pontos), e, por último, a Sem Compromisso, com 169,4 pontos, que deve ser rebaixada para o Grupo de Acesso A.

1 - Reino Unido, com 178,3 pontos
2 - Vila da Barra, com 177,1 pontos
3 - Alvorada, com 176,5 pontos
4 - Vitória Régia, com 175,9 pontos
5 - A Grande Família, com 175,6 pontos
6 - Aparecida, com 174,9 pontos
7 - Andanças de Cigano, com 174,7 pontos
8 - Sem Compromisso, com 169,4 pontos


Um dos momentos da Reino em 2018 (Foto: A Crítica)

Grupos de Acesso

A Primos da Ilha foi a campeã do Grupo de Acesso A e vai desfilar entre as escolas do Grupo Especial em 2019. A agremiação alcançou 178,30 pontos e desenvolveu o enredo “Vitória Régia: A Ilha Saúda o teu Pavilhão. Berço do Samba, Raiz e Tradição”, homenageando a co-irmã Vitória Régia, uma das mais tradicionais agremiações do Carnaval amazonense.

No Grupo de Acesso B, a campeã foi a Mocidade do Coroado, que fez 177,8 pontos com o tema “Rio Preto da Eva: uma nova era... uma nova história” e, ano que vem, vai ascender para o Grupo A. A campeã do Grupo de Acesso C – e que em 2019 vai subir para o Grupo B – foi a Tradição Leste que trouxe o enredo “Cláudio Coelho, em seu centenário de glória, a tradição conta a sua história” e fez 174,9 pontos.

*Colaborou Vinicius Leal, Paulo André Nunes e Vitor Gavirati

Publicidade
Publicidade