Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
gatinho_afetado_2_2EA9627F-DDBA-4121-8372-D17C3109478C.JPG
publicidade
publicidade

BICHINHOS

Cães e gatos resgatados em incêndio estão disponíveis para lares temporários e adoção

Os bichinhos foram encaminhados para clínicas veterinárias e passaram por tratamentos. Alguns ainda em estado crítico continuarão internados


20/12/2018 às 12:54

Pelo menos 15 animais, entre cães e gatos, resgatados durante o incêndio de grandes proporções do bairro Educandos, na noite dessa segunda-feira (17), na Zona Sul de Manaus, estão disponíveis para acolhimento em lares temporários e até para adoção. Os bichinhos foram encaminhados para clínicas veterinárias de Manaus e passaram por tratamentos.

A clínica Unipett, localizada na avenida Cosme Ferreira, no Coroado 2, na Zona Leste de Manaus, foi um dos estabelecimentos que abriu as portas de forma gratuita para receber os animais atingidos pela tragédia. O local abrigou 33 animais. Destes, 14 já foram para lares temporários.

A médica veterinária e responsável técnica da clínica, Rafaela Moreira, informou que a grande maioria dos animais acolhidos estavam com queimaduras nas patas e nas pontas das orelhas. Apenas um, gatinho filhote, continua em tratamento intensivo. "Recebemos mais de 30 animais, muitos gatinhos filhotes e adultos, além de cachorros. Teve uma gata que veio parida de lá, outra que tínhamos suspeita de gravidez, mas depois descobrimos que não procedia. O quadro deles é simples, mas teve um gato que veio muito debilitado e continua em tratamento intensivo", comentou Rafaela.

A médica veterinária também afirma que o local recebeu muitas doações nos últimos dias, mas a meta agora é encontrar lares temporários para os bichinhos. "Sabemos que a maioria dos animais acolhidos viviam pela rua e não pertenciam aos moradores. Na verdade, se pertencia, realmente não sabemos, porque até agora não recebemos nenhum deles aqui. Estamos fazendo o procedimento de lar temporário, porque os animais já estão bem e não existe mais necessidade deles ficarem aqui. Mas é bom deixar claro que a maioria são animais adultos", explicou a médica veterinária.

Os interessados em acolherem os bichinhos devem se encaminhar até a clínica Unipett. O estabelecimento está também doando procedimento de castração e concedendo a primeira vacina desses animais. "O nosso objetivo é encontrar lares para os animais. Estamos fazendo a castração, se o animal for filhote, fazemos o encaminhamento para castrar depois. Os que estão debilitados vão se manter aqui. Ninguém vai sair daqui para voltar para lá sem ter um lar ou alguém disponível para adotar", comentou Rafaela.

A clínica Unipett continua recebendo doações de ataduras, soros, pomadas, além de medicamentos, como rifocina. "Quando o animal for para o lar temporário, vamos encaminhar vários medicamentos também para que o tratamento não acabe", completou a médica.

Clínica pede doações

Outras clínicas veterinárias de Manaus também atuaram em prol dos bichinhos atingidos. A Vets&Pets, localizada na avenida Duque de Caxias, Praça 14, na Zona Sul, recebeu a maioria dos animais oriundos do bairro Educandos devido a proximidade com o local da tragédia. Os médicos fizeram a triagem de pelo menos 100 animais e os encaminharam para, pelo menos, outras dez clínicas espalhadas pela cidade.

Agora, a Vets&Pets está tratando dois animais em estado crítico. Um deles, é um cachorro de pelagem preta, que sofreu queimaduras durante o incêndio. A foto extremamente debilitado e com queimaduras graves repercutiu nas redes sociais. O segundo animal em estado crítico é uma cadela, que também teve uma queimadura grave, no pescoço.

"Todos os animais ajudados passaram pela gente e foram encaminhados para outras clínicas da cidade. Apesar da inalação da fumaça, muitos deles não precisaram ser internados, e foram encaminhados para lares temporários. Depois, quando estiverem 100%, serão castrados e vacinados. Muitos ficarão denifivamente na casa das pesssoas. Os outros encontraremos pessoas para adotarem", disse a médica veterinária do estabelecimento, Gabriela Imakawa.

Fora os animais em estado crítico, a clínica está atendendo uma ninhada de quatro gatos filhotes, três adultos que irão para lares nesta quinta-feira (20) e outros cinco gatos que tiveram patas queimadas durante o incêndio. "Temos duas gatas que podem ser adotadas, mas ainda não foram liberadas. Uma estava aqui conosco, mas foi encaminhada para outra clínica ontem. Ela acabou parindo durante o incêndio, e os filhotes morreram", comentou a veterinária.

A clínica Vets&Pets informa que quem tiver o interesse de oferecer um lar temporário ou adotar os animais deve procurar o local . "Hoje não temos animais disponíveis para o lar temporário e adoção, mas os interessados podem vir aqui e falar seu nome. As ONgs Pata, Pet e Compaixão também estão recebendo nomes dos interessados tanto para adoção, como para o lar temporário", disse.

A clínica continua pedindo doações para atender os animais, que são material de higiene, tanto para o ambiente como o animal, comida, materiais de inalação e medicamentos. As doações podem ser deixadas na própria clínica, localizada na avenida Duque de Caxias, bairro Praça 14, ao lado do posto Shell e próximo ao cruzamento com a Boulevard Álvaro Maia.

publicidade
publicidade
Incêndio atinge UBS no Zumbi 2 e atendimento está suspenso nesta segunda (22)
Ataques simultâneos atingem igrejas e hotéis no Sri Lanka. Mortos já são 150
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.