Sábado, 20 de Julho de 2019
DECISÃO

Irmão de José Melo vai passar o Natal em casa após ter prisão convertida em domiciliar

Juiz alegou em decisão que a presença de Evandro Melo em casa é imprescindível, por ele ser o responsável por cuidar da esposa que é portadora de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)



evandro_melo.JPG Ex-secretário de Administração e Gestão, Evandro Melo. Foto: Márcio Silva
24/12/2017 às 16:02

O juiz plantonista da Justiça Federal Wendelson Pereira Pessoa converteu a prisão preventiva do ex-secretário Evandro Melo, irmão do governador cassado José Melo, em prisão domiciliar com monitoramento por meio de tornozeleira eletrônica.  O alvará de soltura chegou ao Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 (CDPM 2), no km 8 da BR-174, por volta de meio-dia, de acordo com informações da Justiça Federal.

O ex-secretário de Administração e Gestão é a quinta pessoa presa na operação Custo Político, da Polícia Federal, a ser liberada do CDPM 2. Ontem, o ex-secretário Raul Zaidan (Casa Civil), o empresário Mouhamad Moustafa, Keytiane Evangelista e José Duarte dos Santos Filho foram liberados após o juiz federal Wendelson negar pedido da PF para transformar a prisão temporária em preventiva.

Segundo a decisão, Evandro Melo deverá  deixar a prisão ainda hoje e vai passar o Natal em casa ao lado da família. Além de estar sendo monitorado por meio de tornozeleira eletrônica, o juiz proibiu que ele só se ausente da sua casa mediante permissão judicial.

 De acordo com o despacho do juiz, a presença de Evandro em casa junto com a sua família é imprescindível, por ele ser o responsável por cuidar da esposa Maria das Graças de Oliveira que é portadora de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e necessita de seus cuidados.

Ainda de acordo com o despacho do juiz, dona Maria das Graças está acamada,  respirando por meio de equipamentos e por conta de seu estado de saúde é imprescindível os cuidados do marido.  O caso da esposa de Evandro Melo, de acordo com o despacho do juiz foi comprovado por meio de certidão de casamento, bem como de uma farta documentação médica que comprovam a necessidade que ela tem dos cuidados.

Participação

O irmão do ex-governador José Melo, Evandro Melo, agia como um intermediário entre o chefe-maior do Estado e o médico e empresário Mouhamad Moustafa, apontado como líder da quadrilha que desviava verbas da Saúde do Amazonas. A informação foi revelada pelo Ministério Público Federal (MPF) no último dia 21 de dezembro.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.