Publicidade
Parintins
EM COLETIVA

Presidente do Caprichoso diz que alegoria queimada será recuperada até sábado (30)

A alegoria "Ritual da Transcendência" foi atingida por um incêndio ocasionado por faíscas de solda. Dirigente do Touro Negro, Babá Tupinambá, se emocionou ao falar dos trabalhadores do boi Garantido que ajudaram a apagar o fogo 28/06/2018 às 12:04 - Atualizado em 28/06/2018 às 12:29
Show bab
Babá Tupinambá e o artista Kennedy Prata estavam emocionados durante a coletiva. Fotos: Divulgação
Laynna Feitoza e Alexandre Pequeno Parintins (AM)

Durante coletiva de imprensa, o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, afirmou que a alegoria “Ritual da Transcendência”, atingida por um incêndio na manhã desta quinta-feira (28) na Praça dos Bois, será reconstruída até sábado (30), noite prevista para a entrada da alegoria na arena do Bumbódromo. O presidente do bumbá azulado foi às lágrimas ao falar sobre a ajuda prestada pelos trabalhadores do Boi Garantido, que estavam por perto na ocasião do incêndio, o que reafirma a premissa de que a rivalidade fica apenas dentro da Arena.

“A ajuda do contrário que veio pra gente mostra que o festival e a festa está acima de tudo. Independente das cores eles vieram, ajudaram a gente e sou muito grato a eles. Mais tarde vou lá agradecer pessoalmente, mas de público quero agradecer a toda equipe de artistas e ajudantes do boi contrário que vieram nos ajudar”, falou, emocionado.

Babá conta que estava em uma reunião na comunidade do Aninga quando foram avisados do incêndio. Segundo ele, o que resultou no incidente foram as faíscas da solda que estava sendo realizada na alegoria. “Foi solda perto da juta [material utilizado para fazer a alegoria]. A faísca da solda é muito rápida, igual papel e esponja. Pegou, vai embora. Vai se propagando rapidamente. E toda a alegoria é feita de juta”, colocou o dirigente.

A alegoria estava prevista para entrar na segunda noite de apresentações do Boi Caprichoso, chamada “Encontro, um mosaico de saberes”, e foi assinada pelo artista plástico Kennedy Prata. Bastante abalado, o artista não quis falar com a imprensa. “O que queimou foi o módulo central dela, chamado Oxawara. Mas a gente fica feliz em ter o apoio da nação azulada. Não vamos desistir, estamos unidos. Sempre falo dessa união e a cada ano que passa a união prevalece cada vez mais”, assegura Tupinambá.

O dirigente do Touro Negro aproveitou para ressaltar que todos os artistas azuis se unirão para recuperar a alegoria. “Estamos felizes em poder dizer que o Caprichoso vem com força total, independente do que aconteça. A gente está aqui para ajudar o Kennedy, fizemos uma mega operação agora. Cada artista vai ficar com uma parte da alegoria. Um artista vai ficar responsável pela cabeça e braços. O Juarez Lima vai fazer a parte do mecanismo. A equipe do Junisson de Souza vai fazer o revestimento e entrará todo mundo na equipe da pintura. A fênix vai ressurgir das cinzas”, completa ele.

Publicidade
Publicidade