Sábado, 20 de Julho de 2019
CAPTURADO

Fugitivo do CDPM suspeito de ser responsável por mortes em Manaus é preso no Piauí

Alexandre Alves da Silva, vulgo “Cagão”, havia fugido da prisão em maio por um túnel. A SSP-AM oferecia recompensa pelo criminoso apontado como envolvido nos recentes homicídios da capital



cagao.JPG Foto: Divulgação
03/08/2018 às 04:34

O fugitivo do Centro de Detenção Provisória Masculino 2 (CDPM2) Alexandre Alves da Silva, 23, vulgo “Cagão”, foi preso nessa quinta-feira (2) em Teresina, capital do Piauí. Alexandre é um dos seis criminosos apontados pelas forças de segurança do Amazonas como responsáveis pelos homicídios ocorridos nos últimos meses em Manaus.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) oferecia recompensa por informações que levassem à prisão de “Cagão” e divulgou a captura do foragido no final dessa quinta-feira. Segundo a assessoria de imprensa da pasta, a prisão de Alexandre ocorreu na manhã de ontem (2) e contou com apoio da polícia piauiense, após investigações do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Polícia Civil do Amazonas, e da Secretaria Executiva de Inteligência (Seai).

Alexandre era um dos 35 detentos que fugiram do CDPM 2, localizado no km 8 da BR-174 (Manaus - Boa Vista), por um túnel no último dia 12 de maio. Dos seis criminosos apontados como responsáveis pelos recentes homicídios ocorridos na capital amazonense cinco fazem parte do grupo que fugiu do CDPM 2 há 81 dias.

Segundo o titular da Seai, Herbert Lopes, Alexandre será trazido a Manaus e reconduzido ao sistema prisional. O criminoso capturado no Piauí tem nove processos em trâmite na Justiça e já foi preso por tráfico, homicídio e associação para o tráfico.

“Cagão era um dos foragidos do Centro de Detenção Provisória 2 (CDPM2) e investigações apontam seu envolvimento em homicídios praticados na capital como parte de uma disputa entre facções criminosas por pontos de droga em Manaus”, diz trecho da nota sobre a prisão de Alexandre enviada pela SSP-AM.

De acordo com os dados da SSP-AM, o número de homicídios em Manaus saltou de 71 em maio para 103 em junho. A alta de 32 casos representa um aumento de 45% no número de mortes da capital no penúltimo mês.

Recompensa por outros responsáveis pelos homicídios

Com a prisão de Alexandre, a SSP-AM segue oferecendo recompensa por informações que levem à prisão dos outros cinco apontados como responsáveis pelos últimos homicídios realizados em Manaus. Os procurados são: Kaio Wuellington Cardoso dos Santos, 25, vulgo ‘Mano Kaio’; Alexsandro Oliveira dos Santos, 29, vulgo ‘Sandrinho’; Johnson Alves Barbosa, 30, vulgo ‘Playboy’, Bruno de Souza Carvalho, 31, vulgo ‘Bruno Fiel’, e Adalberto Salomão Guedes da Silva, 28, vulgo ‘Salomão’.

Do grupo de procurados, apenas “Bruno Fiel” não participou da fuga ocorrida em maio no CDPM 2. Mas ele também é foragido da Justiça. Todos respondem a mais de um processo por homicídio.


A lista de procurados pela SSP-AM foi divulgada no último dia 24. Foto: Divulgação

As denúncias sobre o grupo podem ser feitas ao telefone 181. Quem denunciar terá o sigilo da identidade garantido e, caso as informações levem à prisão, receberá uma compensação em dinheiro. O valor da recompensa não foi divulgado. A SSP-AM também não imformou se denúncias anônimas motivadas pela oferta colaboraram com a prisão de “Cagão”.

Quase 90 dias após a fuga no CDPM 2, oito dos 35 foragidos foram recapturados, um foi assassinado por criminosos e 26 seguem foragidos. Ainda em maio, o Portal A Crítica revelou que os fugitivos do CDPM 2 fazem parte de um grupo que trocou a facção criminosa Família do Norte (FDN) pelo Comando Vermelho.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.