Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
DEMISSÃO

Mais de 120 trabalhadores do Tropical Hotel já foram demitidos, diz SindHotel-AM

Atividades no hotel foram suspensas no último dia 15 por tempo indeterminado. Estabelecimento contava com 150 funcionários



agora_tropicla_13276FD2-6E2C-48BE-8981-3121BB06F4A9.JPG A dívida do Tropical com a Amazonas Energia é estimada em R$ 8 milhões. Foto: Arquivo AC
27/05/2019 às 10:04

Mais de 120 trabalhadores com vínculo empregatício do Hotel Tropical Manaus foram dispensados nos últimos dias, segundo o Sindicato dos Empregados do Comércio Hoteleiro do Estado do Amazonas (SindHotel-AM). O estabelecimento suspendeu as atividades por tempo indeterminado após a Amazonas Energia cortar o fornecimento do local por uma dívida estimada em R$ 8 milhões.

O presidente do SindHotel-AM, Gerson Almeida, afirmou que está acompanhando o desligamento de 126 trabalhadores com vínculo empregatício do Tropical Hotel. "Essas pessoas estão vindo até nós e estamos acompanhando com o corpo jurídico, fornecendo as orientações necessárias. Temos uma média de demissão de 126 pessoas, todos com vínculo empregatício", afirmou.



O sindicalista também ressaltou que tem tentado apelar para as autoridades municipais e estaduais para que seja encontrada uma solução para o Tropical Hotel. “Estamos apelando para autoridades para que elas consigam interferir nesta situação, porque consideramos o Tropical como um cartão postal. Não podemos deixar esse patrimônio morrer e acreditamos sim que vamos ter uma reviravolta. Com essas demissões, o hotel mostra que quer voltar, depois da reestruturação, com um novo trabalho”, completou.

A assessoria de imprensa do Hotel Tropical, Paulo Roberto, informou que o estabelecimento passa ainda pela reestruturação e o prazo para que seja concluída permanece entre 15 a 60 dias. O fechamento do estabelecimento foi descartado.

“Não mudou não, tudo continua na mesma. Continuamos no mesmo cronograma de sempre, tentando negociar com a Amazonas Energia e fechando um acordo. O prazo para a reestruturação ser finalizada ficou entre 15 a 60 dias, continuamos dentro do cronograma. Além das negociações, estamos fazendo obras”, disse Paulo.

Questionado pela reportagem, o assessor de imprensa do hotel localizado na Zona Oeste de Manaus destacou que cem profissionais foram dispensados nos últimos dias. Antes, segundo ele, o estabelecimento contava 150 profissionais em diferentes áreas. 

“Estamos providenciando as indenizações para cerca de cem trabalhadores que foram dispensados, mas a maioria eram prestadores de serviços. Desde que começou essa crise, não adiantava nada a gente contratar mais pessoas sem ter ocupado todos os quartos no hotel”, explicou.

Mesmo com o estabelecimento fechado para as atividades comerciais, o zoológico do Hotel Tropical Manaus continua funcionamento normalmente. "Na última-sexta-feira, conversei com biólogo e os animais estão bem. Estamos funcionando (zoológico) como antes da reestruturação", destacou Paulo.

No dia 16 de maio, uma visitante do Tropical Hotel denunciou para a reportagem o estado de saúde de uma onça macho, residente do zoológico. Um vídeo do animal silvestre com uma respiração ofegante foi compartilhado em aplicativos de mensagens.

Dívida milionária

A dívida do Tropical com a Amazonas Energia é estimada em R$ 8 milhões, mas o estabelecimento não reconhece esse valor. "A Eletrobras [atual Amazonas Energia] alegou que era em torno de R$ 20 milhões, mas acabou dando um desconto e chegou a R$ 8 milhões. O hotel queria colocar um investimento à venda, mas não teve como pagar. Eles não tiveram paciência, cortaram o sistema e retiraram até os fios. A Eletrobras alega essa dívida, mas não reconhecemos", afirmou Paulo, em uma entrevista ao Portal A Crítica, no dia 16 de maio.

Na ocasião, a Amazonas Energia informou que há mais de 20 anos ocorrem diversas tentativas de negociações com o Tropical Hotel Manaus. Segundo a instituição, as suspensões de fornecimento de energia elétrica do hotel, por não cumprimento dos acordos, ocorreram por diversas vezes ao longo dos anos.

No ano passado, em virtude de débitos com contas de energia no valor de R$ 500 mil, a então Eletrobras cortou o fornecimento de energia elétrica do Tropical Hotel Manaus. 

News amanda00 fbdf33e9 57d8 4f3d 9b50 fe9771f08596
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.