Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
APÓS PEDIDO

PGJ designa promotor de Justiça exclusivo para o 'caso Flávio'

Portaria considera pedido feito, por meio de ofício, pela Secretaria de Segurança Pública (SPP-AM) ao Ministério Público. Promotor de Justiça Igor Starling Peixoto vai acompanhar as investigações



PROMOTOR-IGOS-STARLING_FOTOS-ERLON-RODRIGUES-5-800x593_F80159CE-AE5C-4F1E-939F-BFC6D919B56F.jpg Foto: Erlon Rodrigues/Polícia Civil
07/10/2019 às 20:39

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) designou o promotor de Justiça Igor Starling Peixoto para acompanhar exclusivamente as investigações em torno do assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos. Seis pessoas, entre elas o filho da primeira-dama do Município, Alejandro Molina, estão presas por suspeita de envolvimento no crime.

A designação ocorreu por meio de portaria assinada na tarde desta segunda-feira (7), pela Procuradora-Geral de Justiça (PGJ) Leda Mara Nascimento Albuquerque.



O promotor de Justiça Igor Starling Peixoto afirmou que vai trabalhar respeitando autonomia das instituições. Para ele, que atua diretamente junto à 2ª Vara do Tribunal do Júri, a ideia é reforçar a atuação do Ministério Público do Amazonas, uma vez que o MPAM já tem estado presente no caso na figura da promotora de Justiça Clarissa Brito.

"Nossa função será a de somar esforços com a Polícia Civil para solucionar todos os fatos ocorridos e entregar a investigação para a titular da ação, Dra. Clarissa (Brito). As instituições caminham juntas, com respeito recíproco, porém com independência de atuação. No entanto, buscaremos adotar linhas de atuação convergentes para otimizar as investigações, sem repetição de atos. Nos reuniremos e adotaremos nossas estratégias, repise-se, com o objetivo de que não haja lacunas na busca da responsabilização de todos os envolvidos", disse.

Peixoto, que é titular da 16ª Promotoria de Justiça da Capital e atua na 2ª Vara do Tribunal do Júri, deve acompanhar todos os procedimentos policiais junto à Delegacia Especializada em Homicícios e Sequestros (DEHS), referentes ao caso.

A Portaria nº 2972/2019/PGJ, que será publicada no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público (DOMPE) desta terça-feira (8), considera o pedido feito, através de ofício, pela Secretaria de Segurança, de 2 de outubro, que solicitou um membro do MPAM para acompanhar, com exclusividade o caso.

Entenda o caso

O engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos foi encontrado morto no início da tarde do dia 30 de setembro em um terreno no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Flávio estava desaparecido desde a noite do dia 29, após participar de uma festa no condomínio de luxo onde mora Alejandro, no bairro Ponta Negra, na mesma zona da cidade.

Foram presos por suspeita de envolvimento no caso o filho da primeira-dama Elisabeth Valeiko, Alejandro Molina Valeiko; o cozinheiro de Alejandro, Vitório Del Gato; os convidados da festa Elielton Magno de Menezes Júnior e José Edvandro Martins Júnior; além do sargento da Polícia Militar e segurança da prefeitura Elizeu da Paz de Souza e o ex-PM Mayc Vinícius Teixeira Parede.

Leia mais

Laudo médico não invalida prisão temporária de Alejandro, aponta desembargador

Laudo de transtornos mentais de Alejandro pode ser contestado pelo MP-AM, diz especialista

Seguranças que acompanharam Alejandro até RJ são funcionários da Prefeitura

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.